/ Gritos de Minha Alma: Desvario

sábado, janeiro 13, 2007

Desvario



No silêncio do meu quarto,
Sozinha na cama,
Por debaixo do lençol,
Meu corpo queima e arde
De desejo de você...!

E me abraço, me acaricio,
Pensando serem suas mãos a me acariciar...!
O desejo vem mais forte ainda...!
Mas, num lampejo da razão,
Volto a mim, desse desvario...

Percebo amargamente
Como dói a solidão,
Como sinto sua falta,
Como queria que você estivesse
Sempre ao lado meu...

Como eu lhe amaria...!
Perdidamente lhe abraçaria!
Ardentemente lhe beijaria!
No seu corpo iria me perder
De tanto amor e prazer...!

Ah, se um dia eu lhe encontrasse...!

Se você também me amasse...!
Nos seus braços, feliz, eu cairia
E chorando, a Deus agradeceria,
A graça do seu amor ser meu...

Copyright © -jan/2007
By Valderez de Barros
All rights reserved.


1 Comments:

At terça-feira, 16 janeiro, 2007, Anonymous Anônimo said...

Lindo, mamãe. Estás uma poetisa de primeira.Estou muito orgulhosa de vc, viu.
Beijos, te amo
Derinha

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home