/ Gritos de Minha Alma

terça-feira, fevereiro 12, 2019

.Naquele momento mágico



Naquele momento mágico
Em que nossos olhos se encontraram,
Nada mais vi ao meu redor...

quinta-feira, fevereiro 07, 2019

.Uma rosa para ti



A roseira do amor
Que plantaste em meu coração,
Está murcha, ressequida,
Por não ter os teus cuidados,
Por não ser umedecida
Por teus carinhos,
Por teus beijos...

Mas,  mesmo sentida,
Consegue, com supremo esforço,
Fazer um último botão se abrir,
E a mais bela rosa florir,
Só para te ofertar,
Numa última prova
Do meu amor por ti...

terça-feira, fevereiro 05, 2019

O rio entre as montanhas


                                                                                                                                                               

O rio entre as montanhas,
Corre manso, sem parar;
Levando em suas entranhas,
Tudo o que possa encontrar.

.Você é o brilho da aurora





Você é o brilho da aurora
Ofuscando meus olhos,
Enchendo-me de luz...

quinta-feira, dezembro 27, 2018

.Meu jardim




Rego as flores
Do meu jardim interior,
Que estão sempre belas,
Perfumadas e viçosas,
Para que eu possa
Seguir meu caminho
Sempre sorrindo,
Sentindo a brisa buliçosa 
E o calor do sol
A brincar com meus sonhos,
E o orvalho a borrifar
Suas gotas cristalinas
Em minha alma romântica.

domingo, janeiro 15, 2017

. Visão de amor






Busco em meu pensamento
A visão do teu rosto,
Que não conheço,
Porém, tento vislumbrar
Mesmo assim, com confiança,
Em meio a formas confusas...

Mas as imagens me fogem,
Deixando-me perdida,
Machucada, ferida,
Vagando sempre sozinha
Pela madrugada
Silenciosa e fria...


                                                                       Copyright © jan2017
By Valderez de Barros

                      
                                
All rights reserved.  

terça-feira, maio 12, 2015

. Sonhos de amor



 




Sou viajante incansável

 Percorrendo o espaço,

Deslizando, feliz,

Por entre as nuvens,

Voando entre as estrelas,

Contando meus segredos à lua,

 Que me segue,

A clarear com sua luz

 Os meus sonhos de amor.

Copyright © mai 2015
By Valderez de Barros
All rights reserved.


sábado, dezembro 06, 2014

Perdão, Deus! /




Perdão, meu Deus,
Pelas minhas lamentações!
Por reclamar da minha solidão,
Quando vivo rodeada
Daqueles que me amam
E a quem amo também!

Perdão, meu Deus,
Por ficar triste
Com coisas tão pequenas,
Quando existem irmãos
Maltratados pela fome, pela sede,
Pela miséria total que os cercam!

Meu Deus, dai força e conformação
Aos nossos irmãos abandonados,
Que suplicam por ajuda, por um pedaço de pão!
Mitiga as dores dos povos aniquilados pelas guerras,
Pela insensatez de homens sem coração!


Perdão, Deus, pelo meu egoísmo!

Copyright © dez2014
By Valderez de Barros
All rights reserved.



. Eu e o tempo







Meu tempo está cada vez mais curto.
A vida vai passando rapidamente por mim...
E eu a deixo passar, sem reagir,
Olhando para o deserto sem fim,
onde só vejo poeira, aridez...   
Queria tanto voltar a ser o que já fui!

Mas, sinto-me tonta, perdida,
Andando sozinha por lugares estranhos, 
Sentindo um vazio no coração...
E minh'alma declina, sufoca,
Chora lágrimas sentidas,
Com o gosto amargo da solidão...


Copyright © dez2014
By Valderez de Barros
All rights reserved.


quinta-feira, junho 19, 2014

Romântico violão..//




Toca, violão, suavemente,
Teus acordes românticos penetrando
As cordas do meu cansado coração,
Já tão gastas pelo tempo.
Dedilha as notas mágicas daquela melodia
Que um dia cantei pra ele,
A chorar de tanta emoção...!

Toca violão...! Leva-me a sonhar,
Na sonoridade mágica da música,
Com aquele amanhecer de amor,
Quando, em movimentos e gemidos,
Acompanhávamos o teu ritmo,
Inebriados de paixão e calor...!


Copyright © jun2014
By Valderez de Barros
All rights reserved.

quinta-feira, abril 17, 2014

Outono / da vida




No outono da vida,
Meu corpo já sente
O peso da idade,
Quando alguma dor física
Me incomoda, em alguns
Movimentos que faço.

No outono da vida,
Meu coração continua
Parado no tempo,
Estacionado na adolescência,
Sonhando com o amor.

Ainda sinto dentro de mim
Uma mulher em plena juventude,
Que às vezes se assusta
Com a força de seus pensamentos,
Contrastando com a idade
Que seu corpo tem.

Copyright © abr 2014
By Valderez de Barros
All rights reserved. 

sábado, dezembro 28, 2013

Etéreo voo...//





  
   Voo como uma pequena borboleta
   A sugar lindas flores, e, com beijos,
   Procuro no seu néctar a perfeita,
   Pura realização dos meus desejos...

   Desejo de vestir minh'alma nua,
   Desarraigada, frágil e sem sonhos:
   De poesia, do clarão da lua,    
   Da luz das estrelas, de sol risonho.    

   E nesse etéreo voo encantador,

   Sinto a brisa gentil beijar meu rosto,
   Acendendo em meu peito, o coração...

   Um coração que tem sede de amor;

   Que se anima, feliz, e toma gosto,
   Esperando o seu dono, sua paixão.

Copyright © dez2013
By Valderez de Barros

All rights reserved.

domingo, dezembro 08, 2013

Em Oração




Tenho chorado pelos meus que se foram,
querendo que estejam junto aos anjos de Luz.
Tenho chorado pelos que continuam comigo,
para que encontrem o seu caminho 
e vivam em segurança, felizes e em harmonia.

Em minhas orações, sinto-me cada vez mais  próxima de Deus,
cada vez mais emocionada e cheia de fé,
talvez porque a idade vai chegando,
talvez porque perdi uma filha, o que me tornou mais frágil,
por estar despreparada para aceitar esta perda.

Sei que só o tempo, Deus, jesus Cristo e Nossa Senhora,
me ajudarão a sentir mais leve essa falta,
e a culpa que sinto por não ter podido fazer nada,
pela minha impotência em, de alguma maneira,
poder ter feito algo que não a levasse
tão rapidamente de mim, de nós.

Sei que preciso ter muita fé, rezar pela sua alma,
pedir muito a Deus que a acolha entre Seus braços,
e que me ajude a lembrá-la só sorrindo,
nos bons momentos que passamos juntas,
enquanto ela estava no meio de nós.
Dá-me, ó Deus,  o consolo de que necessito.
Amém.

Copyright © dez 2014
By Valderez de Barros
All rights reserved
.

terça-feira, dezembro 03, 2013

Dividindo tristezas.../




 O que quer de mim a lua, me alumiando,
 Derramando sua magia sobre mim,
Provocando o meu romantismo...
Se o amor não me procura mais?

O que quer de mim a rosa,
Lembrando-me do teu perfume,
Se suas pétalas logo murcharão,
De tantas lágrimas que nela derramarei?

O que quer de mim a esperança,
Forçando um sentimento
Que está cada vez mais longe
De minha alma tão solitária...?

E o amor, sabendo do quanto o chamo,
Quer bater na porta do meu coração,
Mas, sem encontrar quem o preencha,
Copyright © out /2013 By Valderez de Barros All rights reserved.como ganhar dinheiro com adsense
Divide comigo a minha tristeza. 


Copyright © dez /2013
By Valderez de Barros
All rights reserved.
Copyright © nov /2013 By produtos da china Valderez de Barros All rights reserved.
Copyright © nov /2013 By produtos da china Valderez de Barros All rights reserved.
Copyright © nov /2013 By produtos da china Valderez de Barros All rights reserved.
Copyright © nov /2013 By produtos da china Valderez de Barros All rights reserved.
Copyright © nov /2013 By produtos da china Valderez de Barros All rights res 
Copyright © nov /2013 By produtos da china Valderez de Barros All rights reserved.
Copyright © nov /2013 By produtos da china Valderez de Barros All rights reserved.
Copyright © out /2013 By ganhar dinheiro no face Valderez de Barros All rights reserve
Copyright © out /2013 By ganhar dinheiro no face Valderez de Barros All rights reserved.
Copyright © out /2013 By ganhar dinheiro no face Valderez de Barros All rights reserved.
Copyright © out /2013 By Valderez de Barros All rights reserv
Copyright © out /2013 By Valderez de Barros All rights reserved.como ganhar dinheiro com adsense
Copyright © out /2013 By Valderez de Barros All rights reserved.como ganhar dinheiro com adsense
Copyright ©jul /2013 By Valderez de guarda roupas Barros All rights reserved.
Copyright © out /2013 By Valderez de Barros All rights reserved.como ganhar dinheiro com adsense
Copyright © out /2013 By Valderez de Barros All rights reserve
Copyright © out /2013 By Valderez de Barros All rights reserved.como ganhar dinheiro com adsense
Copyright © out /2013 By Valderez de Barros All rights reserved
Copyright © out /2013 By Valderez de Barros All rights reserved.como ganhar dinheiro com adsense
Copyright © out /2013 By Valderez de Barros All rights reserved.moveis
Copyright ©jul /2013 By Valderez de guarda roupas Barros All rights r

segunda-feira, novembro 11, 2013

Vazios...+







Em algumas noites,

Quando adormecida,

Você volta pra mim

Nos meus sonhos,

Toma-me a alma,

O corpo, o coração,
  
Atiça-me os sentidos,

Envolve-me em sensações 

Já quase esquecidas,

Preenchendo, assim,  

Um grande vazio 

Que existe em mim.

Copyright © nov /2013

By Valderez de Barros
All rights reserved.

quarta-feira, outubro 16, 2013

Somente meu /




Te quero meu,
Somente meu,
Chama de amor
Que arde em meu coração,
Luz que ilumina minha vida,
Minha estrela preferida...

Te quero meu,
Somente meu,
Carícia suave, envolvente,
Que meu corpo acalenta,
Melodia divina
Que minh'alma fascina...

Te quero meu,
Todinho meu;
Um sonho lindo
Que em mim despertou,
Um puro, grande amor...

Te quero meu, todinho meu...!




Copyright © out /2013
By Valderez de Barros
All rights reserved.


domingo, setembro 15, 2013

Busca infinita

 



Quando a noite capturar esta saudade,

O vento vai levar toda a dor,

E as estrelas trarão de volta

O brilho perdido em meu olhar.


Por um instante,

Sentirei a plenitude deste momento...

  Mas, só por um instante,

Pois a busca é infinita.


As lágrimas não secarão,

Mas, depois de todo anoitecer,

Surge sempre um novo amanhecer.

   
De: Valnia Maria de Barros
Maceió,17/10/2001


- Minha muito amada filha Valnia,  a mais nova, que é tão sensível e sonhadora como eu, escreveu, e eu achei tão lindo, que resolvi dividir com todos vocês.Meu mais carinhoso abraço. Valderez.

Copyright © set/2013
By Valnia Maria de Barros
All rights reserved.
Copyright ©jul /2013 By Valderez de Barros All rights reserved.como importar roupas

terça-feira, julho 09, 2013

Amor e desejo /




Quero teus beijos
A enlouquecer-me
De amor e desejo.
Quero me embriagar
Com o cheiro do teu corpo.

Quero, no brilho dos teus olhos,
No silêncio do teu abraço

Apertado e acolhedor,
Sentir o bater apressado
Do teu coração contra o meu.
 
Quero, nas lágrimas de felicidade
Que umedecem meus olhos,  

Descobrir a exata profundidade
Desse amor que
me dá força e vida.

Quero, nessa minha doce loucura,
Alimentar minha  fantasia,
E, feliz, preencher minh'alma 
Solitária e sonhadora.
Copyright ©mai /2013 By Valderez de investir em ações Barros All rights reserved.


Copyright ©jul /2013

By Valderez de Barros 
  All rights reserved.

Copyright ©mai /2013 By Valderez de investir em ações Barros All rights reserved.
Copyright ©mar /2013 By Valderez de ganhar com o hotmart Barros All rights reserved.

Copyright ©mar /2013 By Valderez de ganhar com o hotmart Barros All rights reserved.
Copyright ©mar /2013 By Valderez de ganhar com o hotmart Barros All rights reserved.
Copyright ©mai /2013 By Valderez de Barros All rights reserved.loja virtual grátis
Copyright ©mai /2013 By Valderez de Barros All rights reserved.loja virtual grátis
Copyright ©mar /2013 By Valderez de ganhar com o hotmart Barros All rights reserved.
Copyright ©mar /2013 By Valderez de ganhar com o hotmart Barros All rights reserved.
Copyright ©mai /2013 By Valderez de Barros All rights reserved.loja virtual grátis
Copyright ©mai /2013 By Valderez de Barros All rights reserved.loja virtual grátis
Copyright ©mar /2013 By Valderez de ganhar com o hotmart Barros All rights reserved.

terça-feira, maio 28, 2013

. Encontro de amor







Os gritos de minha alma estão cada vez mais fracos,
Cada vez mais desanimados, com menos força para  chamar por ti.
Não tenho mais aquele entusiasmo que me fazia vibrar,
Que me fazia querer correr atrás dos meus sonhos.

 

Minha voz está fraca, de tanto chamar pelo meu amor,
De tanto cantar canções apaixonadas
Para que cheguem aos seus ouvidos
Que estão tão longe, que nem ouvem uma frase sequer.

 

Meu coração está dolorido pela falta que me fazes,
Mas, sempre à espera, mesmo que meio desesperançado,
De que me ouças e venhas ao meu encontro de amor.

   

Copyright ©mai /2013
By Valderez de Barros 
  All rights reserved.

sábado, março 23, 2013

olhares





Procuro você, inutilmente, 
Nos olhos que pousam, vez por outra, nos meus.
São olhares fugidios, que, às vezes,
Demoram um pouco para se desviar,
Dando-me a ilusão de que ainda posso voltar a ser amada.

Uma vez, passeando num shopping,
Meus olhos pousaram num rosto moreno, forte.
Por alguns segundos, também senti
Seus olhos mergulhados nos meus.

Foi uma sensação maravilhosa,
Como se eu já o conhecesse.
Desviei o olhar e segui sem olhar para trás,
Envolta na minha timidez.

Ao voltar, passei pelo mesmo lugar,
Mas ele já não estava lá,
Para meu desencanto,
Pois sabia que jamais o veria de novo.


Copyright ©mar /2013
By Valderez de Barros 
  All rights reserved.

segunda-feira, março 11, 2013

Fonte de amor /



Já não sei se corro atrás dos meus sonhos,
Quando sinto, às vezes, o peso da idade.
Mas, não posso permitir a mim mesma,
Que tanta vida gritando pra ser vivida,
Seja abafada pelo desânimo que me arrasta
Para o fundo dos meus desencantos.


Nessas contradições em que minh'alma se debate,
O tempo me castiga, passando cada vez mais rápido.
Tento me  arremessar de corpo e alma
No mundo das emoções, que gritam impacientes
Dentro de mim  pra se libertarem,
Mas, minha vontade arrefece, abate-se  nessa luta,
Sem forças  para encontrar
A fonte cristalina do amor e da poesia.

Copyright ©mar /2013
By Valderez de Barros
All rights reserved.

Copyright © fev /2013 By Valderez de Barros All rights reserved.
Copyright © fev /2013 By Valderez de Barros All rights reserved.
Copyright © fev /2013 By Valderez de Barros All rights reserved.