/ Gritos de Minha Alma: A lua e eu...

quinta-feira, setembro 20, 2007

A lua e eu...




Perguntei ao sol,
Que aquece e ilumina
A tudo e a todos,
Por que me sinto
Tão distante do seu calor...
Ele me respondeu que
Sempre me aqueceu,
Porém eu não percebia,
Por estar sempre desejando
Um calor que não era o seu...
E eu me calei...
.
Perguntei ao mar,
Por que nunca me mostrou
O outro lado do horizonte...
Ele me respondeu
Que sempre esteve me chamando,
No seu vai-e vem,
Porém eu nunca havia percebido,
Por estar sempre sonhando
Com horizontes diferentes,
Que ele não poderia me dar...
E eu me calei...
.
Perguntei à lua,
Minha fiel companheira,
Por que ela fazia tantos
Namorados felizes
E se esquecia de mim...
Ela me respondeu
Que sempre esteve comigo,
Sentindo o mesmo frio
Dos solitários,
Sem poder me ajudar...
...E choramos juntas,
Tristes...e sozinhas...


Valderez de Barros
Publicado no Recanto das Letras
em 17/09/2007Código do texto: T656216

Copyright © set / 2007
By Valderez de Barros
All rights reserved.

2 Comments:

At sexta-feira, 21 setembro, 2007, Blogger Anamaria Tavares said...

Nossos tão presentes e inevitáveis porquês...
Gostei de sua identificação com a lua.Exatamente com a lua. Sempre tão viva e doce, amiga e romântica.
Ela é aquela que também sente-se tão qual a voz ( a sua voz) do poema: triste, sozinha e ...
Ela é a que reserva sentimentos contrários aos imaginados. É...a lua...


Belíssima, Valderez.


Abraços carinhosos


Anamaria Tavares

 
At sexta-feira, 21 setembro, 2007, Blogger Anamaria Tavares said...

Breve correção:

*sente-se tal qual a voz(...)

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home