/ Gritos de Minha Alma: Bom dia, vida

sexta-feira, outubro 31, 2008

Bom dia, vida


( Para Valderez, depois de ler o seu poema "Medos" )


Se tudo parecer desabar
olhe ao seu entorno,
veja a vida pulsando,
pessoas passando,
pássaros cantando,
descubra a Primavera
chegou num dia tão belo.

Ouça o riso da criança
escute o barulho do mar,
siga o vôo da gaivota,
os ires e vires das ondas,
pise na areia úmida,
inebrie-se com o cheiro
forte da maresia.

Ouça do seu coração
o bater compassado,
sorva o ar da manhã,
sinta o calor da vida
inundando o seu corpo.
Abra um sorriso
e grite bem alto:
-Bom dia, vida!!

(JAC)
Zealberto
Maceió/Setembro/2008.


Zealberto, meu querido amigo de longas datas, agradeço, de coração, pelo carinho e apoio em forma deste lindíssimo poema, que me emocionou profundamente.
Aceites o meu mais terno e afetuoso abraço.
Valderez ( Dês ).
Copyright © nov / 2008
By Valderez de Barros
All rights reserved.

1 Comments:

At sábado, 01 novembro, 2008, Anonymous Lucinha said...

Olá minha amiga, que lindo poema de Zealberto, lindo mesmo está de parabéns.. Passando para lhe desejar um final de semana abençoado.. Beijos carinhososss

http://sonhosecarinhosdetimel.zip.net

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home