/ Gritos de Minha Alma: Derinha

quinta-feira, junho 02, 2011

Derinha




Por Wallace Miranda - em 10/2010




Personalidade enigmática,
cheia de mistérios, exótica,
silenciosa e ao mesmo tempo efervescente
em seus sentimentos.

Palavras pausadas, frases comedidas,
vez por outra ousadas.
Texto sólido e solúvel,
amiga fraterna, mãe,
irmã, filha adorada...

No silêncio de tua ausência,
amiga e querida DERINHA,
fica gravada em nosso tempo
a fotogenia de tua beleza.

As lentes do bem-querer,
as recordações que nos apertam a todos
não se acomodaram.
Que nossas cantigas de ontem
te adormeçam em paz...


*** / ***



Lóce, querido amigo, tens a minha eterna gratidão
pelo carinho e atenção que sempre tiveste pela Derinha,
como bem dizes neste poema que fala de saudade.
Meu mais afetuoso abraço!!! Valderez.


2 Comments:

At sexta-feira, 10 junho, 2011, Blogger Milla Pereira said...

Wal, fiz um belo passeio pelo seu Blog, nesta tarde. Tá cada vez mais lindo. Bom fds, bjks. Milla

 
At terça-feira, 14 junho, 2011, Anonymous mariuza said...

Dez, seu blog está ótimo, e com essa composição que Wallace Miranda fez para Derinha! Ela era tudo isso e muito mais. Com seu jeito manso e prestativo,cativava a todos que dela se aproximava. Que saudade!

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home