/ Gritos de Minha Alma: Meu amado rio

sexta-feira, abril 30, 2010

Meu amado rio





Meu rio Paraíba, lembro-me de ti, tão belo,
Com tuas águas serenas e límpidas...!
Quantos momentos felizes,
De inteira liberdade e alegria verdadeira,
Me proporcionaste, nos meus verdes anos...!

Quantas vezes me banhei em tuas águas,
Num doce deleite, vendo algumas mulheres
A lavarem roupas, panelas e pratos...!
Quantas pedras roliças catei em teu leito,
Para brincar com minhas amiguinhas...!

Hoje, maltratado pela mudança dos tempos,
Pela inconsequência dos homens
Que te agridem de todas as maneiras,
Corres quase seco, em filetes, nos pesados verões,
De estiadas cada vez mais longas.

Algumas vezes, nas trovoadas rigorosas,
Chegas a transbordar, provocando enchentes,
Arrancando árvores,levando destroços,
Assustando os moradores das tuas margens.

Nos meus tempos de criança,
Nunca te vi correr enfurecido, bufando,
Com águas barrentas, ameaçando levar
O que encontrasses no caminho...

Meu amado rio, sinto saudades de ti...
Do suave ruído da tua passagem,
A deslizar mansamente,
Embalando meus sonhos de menina.
Copyright © abr / 2010
ByValderez de Barros
All rights reserved.

1 Comments:

At domingo, 02 maio, 2010, Blogger Sylvia Rosa said...

Boa noite amiga e tenha uma otima semana.
Quanto ao teu rio,
ele chora...
como chora nossa atual natureza,
desnaturalizada pela desumana ação do homem.
Clamemos em versos pra ver se comovemos nossas crianças , e estas venham a dar bom exemplo.
Abraços

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home