/ Gritos de Minha Alma: Desânimo de mim

terça-feira, outubro 09, 2007

Desânimo de mim


Estou só,
Cada vez mais só...
Sinto-me vazia...Flutuo...
Vejo-me voando, vagando
Sem destino...
.
Não sou mais eu...
Sou ave sem ninho,
Perdida na imensidão
Do infinito...Sem laços,
Em pedaços...

Desespero-me!
Sinto a vida fugindo de mim!
Tristeza profunda,
Melancolia, saudade,
Solidão...

Sou lágrima sentida...
Rascunho de uma vida
Que se apagou,
Se perdeu,
Nunca se achou...

Momentos fugidios
De felicidade
Que já vão longe,
Perdidos na vida,
No tempo...

Desânimo de mim...!
Desanimo de ti...!
Estás tão distante
Da minha vida...!
Nem sei se existes...!

Desanimo de viver...
Sem amar...

Publicado no Recanto das Letras em 21/09/2007Código do texto: T662849

Copyright © out / 2007
By Valderez de Barros
All rights reserved.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home