/ Gritos de Minha Alma: Setembro 2010

quinta-feira, setembro 16, 2010

Ilusões do amor




A emoção, num sonho,
Veio brincar com meu coração,
Fantasiando momentos desejados,
Trazendo-me o cheiro gostoso do teu corpo,
Do amor pedindo pra ser saciado.

A emoção veio e me enganou,
Quando, na ilusão de estar contigo,
Perdi-me por instantes,
Envolvendo-me em ardentes carícias,
No meu alucinado sonho de amor.

E de repente, voltei à realidade...
Sozinha, amargando frustrações,
Abraçando-me, soluçando,
Encolhendo meu corpo,
Recolhendo-me dentro de mim.
Copyright © set/2010
By Valderez de Barros
All rights reserved.

Na tarde que morria...









Na sombra suave
Daquela tarde
Que morria langorosa,
Procurei-te, esperançosa,
Louca de amor,
Pra te entregar
Meu coração...
Mas, não vieste!


Desesperada,
Chorei a tua ausência
Em tristes ais.
Percebi, então,
Que seguíamos
Por caminhos desiguais...
E me senti vazia,
Desarraigada de mim...
Copyright © set/2010
By Valderez de Barros
All rights reserved.

domingo, setembro 12, 2010

Sorriso apagado




Mais um dia se passou...
Mais uma noite de solidão,
Mais uma lembrança,
Uma saudade...
.
Mais ilusões perdidas, na minha desesperança...
Mais um acorde daquela música distante,
Que me lembra momentos que talvez
Eu não volte mais a viver...
.
Mais uma nuvem a entristecer meus olhos,
Mais um sonho que se desvanece
Na sombra escura da madrugada,
Deixando um gosto amargo em minha boca...
.
Mais uma dor atravessando meu peito,
Que busca uma luz no final do caminho,
Uma luz tênue, quase apagada,
Por uma longa e dolorosa espera...
.
Mais uma lágrima sentida
Sulcando meu rosto,
Onde meu sorriso
Fica cada vez mais apagado...

Copyright © set/2010
By Valderez de Barros
All rights reserved.