/ Gritos de Minha Alma: Agosto 2012

quarta-feira, agosto 22, 2012

Cúmplice coração




Nas infindáveis, longas madrugadas,
Em que mais preciso de uma companhia,
Avoluma-se em meu peito 
Um pranto triste, dolorido.

Sinto correrem copiosamente
Pelo meu rosto, lágrimas amargas,
Com o gosto da desesperança,
Porque sinto que o meu tempo está acabando.

E quando, enfim, adormeço,
Meu romântico e cúmplice coração
Tece doces sonhos de amor,
Suavizando, assim, a minha solidão. 



Copyright ©ago /2012
By Valderez de Barros
All rights reserved.

sexta-feira, agosto 10, 2012

Sensível



 





Sou sensível demais
à música, à poesia,
Às coisas que falam de amor,
De solidão, de saudade.

Às vezes vou lá no fundo de minh'alma,
Mergulho em fortes emoções,
Trazendo forte à minha lembrança
Momentos inesquecíveis
De felicidade ou de dor,
Mas, que me mostram o quanto valeu a pena,
O quanto aprendi, ao vivenciá-los.


Copyright ©ago /2012
By Valderez de Barros
All rights reserved.

quinta-feira, agosto 02, 2012

Contando estrelas





Já anoitecera, e na minha varanda,
Uma rede vermelha e larga armei.
No ar, um cheiro suave de lavanda...
Então, com gosto, nela me deitei.

Fiquei, romântica, pra o céu olhando,
Tentando, teimosa, estrelas contar,
Mas, de mansinho, o sono foi chegando.
Sem perceber, comecei a sonhar.

No sonho, elegante, me aparecias.
Sorrindo com ternura, me dizias:
"- Minha amada, eu vim para te buscar!"

Vibrante, feliz, te dei minha mão,
E junto, foi também meu coração...
Sorri, docemente, ao meu despertar.
Copyright ©ago /2012
By Valderez de Barros
All rights reserved.