/ Gritos de Minha Alma: Julho 2011

terça-feira, julho 26, 2011

Pássaros silentes /




Céu azul...nuvens serenas
Passeando, indolentes,
Como pássaros silentes,
Em lindas tardes amenas.

O mar, em doce ondear,
Desliza, rola espumante,
Lindo, sensual, volteante,
E vem a areia beijar.

Quando vai chegando a noite,
O vento, em leves açoites,
Brinca com os coqueirais.

A lua, espiando tudo,
Vem, com seu sorriso mudo,
Acobertar os casais.

Copyright © jul /2011
By Valderez de Barros
All rights reserved.

domingo, julho 10, 2011

Lacunas /




Minhas mágoas se foram,
Somente ficando as boas lembranças.
Foi bom desabafar em versos meus conflitos,
Porque isso me fortaleceu,
Fez-me olhar pra frente, conhecer-me melhor.

Muitas vezes sinto o coração pesado,
Porém, não mais pelo que passou, mas,
Pelo que espero acontecer,
Ou que eu esperava, pudesse acontecer,
E já não tenho tanta esperança de viver.

Minhas ilusões, quase de adolescente,
Começam a fugir de mim.
Estou me acostumando
À minha solidão interior.

...Então, invento amores,
Canto em versos alegrias ou dores,
Preenchendo, assim,
Algumas lacunas de minh'alma.

Copyright © jul /2011
By Valderez de Barros
All rights reserved.