/ Gritos de Minha Alma: Setembro 2011

segunda-feira, setembro 05, 2011

Salão antigo





Faz tanto tempo que não danço...!
Que não deslizo nos braços de alguém...!

 Como me lembro dos bailes na minha terra,
Quando me envolvias em teus braços fortes,
Tomavas-me pela cintura, e dançávamos
Embalados por um bolero, rostos colados,
Carícias suaves nos cabelos, na nuca.

 

Muitas vezes eu te provocava,
Roçando com mais ousadia o teu corpo,
E me dizias, tremulamente excitado:
_"Cuidado, não podemos fazer isso aqui!" 

Mas, como éramos casados,
Eu continuava a me encostar em ti,
Discretamente, inebriada de amor e desejo,
Na cúmplice penumbra daquele salão antigo.


Copyright © set /2011
By Valderez de Barros
All rights reserved.