/ Gritos de Minha Alma: Setembro 2011

segunda-feira, setembro 05, 2011

Salão / antigo





Faz tanto tempo que não danço...!
Que não deslizo nos braços de alguém...!

 Como me lembro dos bailes na minha terra,
Quando me envolvias em teus braços fortes,
Tomavas-me pela cintura, e dançávamos
Embalados por um bolero, rostos colados,
Carícias suaves nos cabelos, na nuca.

 

Muitas vezes eu te provocava,
Roçando com mais ousadia o teu corpo,
E me dizias, tremulamente excitado:
_"Cuidado, não podemos fazer isso aqui!" 

Mas, como éramos casados,
Eu continuava a me encostar em ti,
Discretamente, inebriada de amor e desejo,
Na cúmplice penumbra daquele salão antigo.


Copyright © set /2011
By Valderez de Barros
All rights reserved.