/ Gritos de Minha Alma: Agosto 2008

sexta-feira, agosto 29, 2008

Saudade de nós dois



Meu peito arde de saudade *
Dos momentos lindos que vivemos **
Dos sonhos de amor que sonhamos *
Das carícias infindas que trocamos **
No fervor deste amor quase insano. *


Ah, essa saudade doendo em minh'alma **
Ao mesmo tempo em que no peito, acalma *
Nas doces lembranças de nós dois **
Nas aflitas saudades de um tempo que se foi...*


Tempo em que éramos só felicidade...**
Dos teus sorrisos ainda guardo as vontades...*
E do teu amor, em meu coração, ainda ecoam as juras...**




Autores: PCoelho ( * ) com ( Valderez de barros ( ** ).


Agradeço, profundamente emocionada, ao grande poeta PCoelho, com quem tenho tido a honra e a alegria de fazer algumas composições.
Paulo, sinto-me muitíssimo feliz em ter a tua amizade e em poder comungar contigo das mesmas emoções, quando viajamos juntos nos mesmos sonhos e fantasias...Tens um lugar especialíssimo no meu coração, querido amigo!!! Tens também o meu respeito e a minha admiração.

Publicado no Recanto das Letras em 29/08/2008
Código do texto: T1152200
Copyright © ago / 2008
By Valderez de Barros
All rights reserved.

terça-feira, agosto 26, 2008

Apelo ao Amor



Ó, Amor,
Por que me fazes sofrer...?
Peço-te tão pouco...!
Por que me castigas tanto...?
Será que não mereço ser feliz...?
.
Será que meu destino
É ficar sempre sozinha...?
Dá-me um pouquinho de alegria...!
Falta-me tão pouco tempo
Para ir embora...!
.
Toca-me com tua flecha
E toca também com ela, aquele
Que me trará a felicidade através de ti...!
O tempo é impiedoso
E corre célere, não espera...!
.
.Ó, Amor,
Quero tanto amar...! Quero tanto
Terminar meus dias bem velhinha,
Tendo ao meu lado aquela pessoa
Que me dará o último beijo de amor...!
.
Essa seria minha maior alegria
E me faria partir, certa de ter sido amada;
De que teria cumprido minha jornada
Em paz comigo mesma e com aqueles
Que continuarei amando até a eternidade...
..
Copyright © ago / 2008
By Valderez de Barros
All rights reserved.

domingo, agosto 24, 2008

Poeta




Vou viajar na sua emoção,
Beber seus versos,
Sentí-los doces ou amargos,
Quentes ou enregelantes...

Consigo vou sorrir alegrias,
Chorar tristezas,
Amargar todas as dores,
Sentir todos os amores...

Porque o bom poeta
Nos leva junto consigo
Em seu mundo de poesia,
De emoção e fantasia.



Publicado no Recanto das Letras em 24/08/2008
Código do texto: T1144168
Copyright © ago / 2008
By Valderez de Barros
All rights reserved.

sexta-feira, agosto 22, 2008

Quisera...








Quisera poder te dar
Meu olhar mais puro,
Para que nele, com doçura,
Teus olhos mergulhassem...


Quisera poder te dar,
Da minha boca, a ingenuidade;
Para que nela, com suavidade,
Teus lábios macios pousassem...


Quisera poder te dar
Toda a minha inocência,
Para que nos teus braços macios,
Eu aprendesse a beleza de amar...

Valderez de Barros

Publicado no Recanto das Letras em 22/08/2008Código do texto: T1140722

Copyright © ago / 2008
By Valderez de Barros
All rights reserved.

sexta-feira, agosto 15, 2008

Pra não chorar...





Não quero falar do luar,
Pra não lembrar
De que já me embriaguei
Beijada pela sua magia
E depois, dolorosamente acordei
De tantos sonhos e fantasias...

Não quero falar do mar,
Pra não lembrar de que nele
Já naveguei e me perdi,
Buscando a felicidade
Na sua beleza e imensidade...

Não quero falar de amor,
Pra não chorar
A minha solidão...
Pra não machucar
Meu coração...


Valderez de Barros
Publicado no Recanto das Letras em 15/08/2008Código do texto: T1129921
Copyright © ago / 2008
By Valderez de Barros
All rights reserved.

quinta-feira, agosto 14, 2008

Proposta



Proponho ser tua amiga,
com direito a aperto de mão,
abraços, beijos fraternos
cartas na mesa,
tamboretes lado a lado,
borboletas esvoaçando
ao nosso redor,
beija-flores sugando
o néctar das flores,
colorindo nossas conversas
com o matiz
de sua plumagem irisada,
tudo isso com muita
sinceridade, alegria
e o coração aberto...
Aceitas...?
Copyright © ago / 2008
By Valderez de Barros
All rights reserved.

Publicado no Recanto das Letras
em 14/08/2008
Código do texto: T1128018

domingo, agosto 10, 2008

Viagem inútil




Viajo no tempo,
Querendo me encontrar...
Esforço-me,
Dou voltas,
Tento seguir adiante...
Mas logo percebo
Que é inútil...
Que de novo
Retrocedi...
Que sozinha,
Sempre volto
Ao mesmo ponto
Em que de mim,
Me perdi...

Copyright © ago / 2008
By Valderez de Barros
All rights reserved.

domingo, agosto 03, 2008

Sussurros de amor...



Ah, se eu pudesse

Aprisionar

Um sussurro teu

No meu travesseiro...!

Assim,

Tua voz suave

Meu sono embalaria,

Nas minhas noites

Solitárias e vazias...


Copyright © ago / 2008
By Valderez de Barros
All rights reserved.

sexta-feira, agosto 01, 2008

Saudade de mim...





Hoje a saudade bateu forte,
Nas palavras de um amigo
Que de mim se lembrou.
Como é bom ter amizades
Que nos confortam, nos fazem bem...!
Que nos dão carinho e amor...!

Então me veio um monte de saudades juntas...
.
Saudade de beijos de amor
Que ficaram marcados em minha boca...
Saudade de outros beijos que desejei
E nunca consegui sentir...

Saudade de um tempo em que fui feliz...
De afagos e carícias que me atiçavam desejos,
Queimavam minha pele, aceleravam meu coração
E faziam meu corpo arder de paixão...

Saudade de um tempo em que eu era EU,
De um tempo em que a mulher, a amante
Que havia em mim, era sublimada pelo amor a dois...

Saudade de um tempo que vivi...
De um tempo que se perdeu...
...Saudade de mim...


Valderez de Barros
Publicado no Recanto das Letras em 01/08/2008Código do texto: T1108470
Copyright © ago / 2008
By Valderez de Barros
All rights reserved
.