/ Gritos de Minha Alma: Agosto 2009

segunda-feira, agosto 24, 2009

Marcas




Meu corpo tem
As marcas do tempo...
Minha alma quer tempo,
Para deixar marcas de amor
Impressas nos corações
Das pessoas que me rodeiam,
E no livro da vida...



Meu corpo sente o peso dos anos
E está cansado de esperar
Um amor que não quer chegar...
Minha alma não sente os anos passarem
E nunca se cansa de esperar;
De querer, desrespeitosamente,
Desafiar o tempo e amar, amar, amar...!



Publicado no Recanto das Letras em 15/08/2009
Código do texto: T1755851
Copyright © ago / 2009
ByValderez de Barros
All rights reserved.

quinta-feira, agosto 13, 2009

Encontro com o amor





L evanta e vai passear lá fora!
O uve a melodia que o rouxinol canta pra ti,
U ne tua voz à dele, não importa a hora...
.
..
C onversa com as flores, se estiveres só!
O nde passares, procura ouvir a brisa leve,
R indo feliz ao te acariciar,
R oçando teu rosto com um beijo suave...
E deixa teu pensamento voar até as estrelas!
I nventa momentos, abraça o sol e sente o seu calor,
A bre tua alma para a vida...vai ao encontro do amor!



À minha querida amigairmã Lou Correia, poetisa de grande talento e sensibilidade incomparáveis, esta minha singela homenagem, pelo muito que ela significa para mim.
Obrigada, Lou, por existires na minha vida!!! Te amo!!! Beijos carinhosos!!!
.

Copyright © ago / 2009By
Valderez de Barros
All rights reserved.

quarta-feira, agosto 12, 2009

Metade de mim



Metade de mim
Quer desistir de amar...
A outra metade
Procura, incansavelmente,
Se apaixonar.

Metade de mim
Se desilude deste feito...
A outra metade
Quer abrigar
Um grande amor no peito.

Metade de mim
É dor, sofrimento...
A outra metade
É vontade, teimosia,
É vida, é alegria!

Metade de mim
É indiferença...
A outra metade,
Esperança.

Metade de mim
É o que sou...
A outra metade,
O que em mim se esconde.


Publicado no Recanto das Letras em 07/08/2009
Código do texto: T1742253
Copyright © ago / 2009
ByValderez de Barros
All rights reserved.

sexta-feira, agosto 07, 2009

Adeus



Quero te dizer adeus,
Mas não consigo!
Quero tanto te esquecer,
Deixar de te amar,
Arrancar-te do meu peito!
.
És minha mais louca fantasia!
Povoas meus sonhos,
Apoderas-te deles,
Fazes minh'alma voar
Pra juntinho de ti...!
.
Como é bom,
E ao mesmo tempo
Como dói, esse amor!
O que fazer pra te esquecer...?

Ajuda-me a te dizer adeus...!
.
Copyright © ago / 2009
ByValderez de Barros
All rights reserved.