/ Gritos de Minha Alma: Outubro 2006

terça-feira, outubro 31, 2006

Só Quero Você


Você é tudo o que sempre desejei...
É tudo o que nunca mais terei...
É a alegria que um dia senti...
É a dor da solidão que há em mim...
.
Você é a ternura que ficou pra trás...
É a paixão que não viverei mais...
É o calor que meu corpo aqueceu...
E que no abandono se perdeu...
.
Por que não posso me entregar a outra paixão
E teimo em fechar meu coração,
Se anseio pra viver e para amar...?
.
Tentei gostar de outro alguém,mas foi em vão...
Pois tudo o que quer meu coração
É a alegria de lhe ver voltar...
.
Não sei se posso ainda ter uma esparança,
Se vivo mergulhada em lembranças,
Se o tempo não consegue me curar...
.
Eu sei que é inútil eu tentar lhe esquecer...
Por mais que tente, só quero você...
Eu nunca vou deixar de lhe amar...
Copyright © 2006
By Valderez de Barros
All rights reserved

domingo, outubro 29, 2006

Minha Saudade


Depois do adeus,
o que ficou?
-Uma saudade imensa...!
.
Saudade do que nos dissemos
e também do que calamos...
Saudade do que poderia ter sido
e que não realizamos...
.
Saudade do abraço apertado
que não cheguei a te dar...
Saudade das noites de amor,
Que tanto desejei contigo passar...
.
Saudade da minha boca em tua boca,
em longos beijos de amor,
com que tanto sonhei e quis...
E das carícias infindas,
que quis te fazer e não fiz...
.
Quisera segurar teu rosto em minhas mãos,
olhar bem dentro dos teus olhos
e derramar sobre ti, num só olhar,
todo o amor que sinto no meu coração...
.
Ah, saudade!
leva pra ele o meu adeus...!
E traz de volta, por favor,
os sonhos meus...!
Copyright © 2005
By Valderez de Barros
All rights reserved

quinta-feira, outubro 26, 2006

Madrugada Só...

Arte By Derinha Rocha


É madrugada...
Rolo na cama,
pensando em ti...
.
Meu pensamento voa,
minh'alma vaga à-toa,
momentos que vivi...
.
Não posso te esquecer!
Preciso tanto de você!
Estás gravado em mim...!
.
Choro a tua ausência,
A saudade se aninha
no meu peito amargurado...
.
Não tenho alegria,
minha vida é tão vazia,
porque não estás ao meu lado...!
.
Ninguém jamais te amará
como eu te amei...
Te dei todo o meu amor,
meu coração eu te entreguei
E em troca deste amor,
somente amor eu esperei...

Copyright © 2006
By Valderez de Barros
All rights reserved

quarta-feira, outubro 25, 2006

Alçando Vôo


Sou como uma crisálida,
triste e amargurada,
onde me escondo
de tudo e de todos,
presa de mágoas
e tristes recordações...
.
Mas, já começo a sentir
o calor do sol
que me aquece toda,
me queima as entranhas
e me diz: vai!
Sai desse
triste invólucro
.
e, como borboleta,
alça teu vôo!
Beija cada flor
e volta a viver,
livre de todas
as amarras!
.
Voa bem alto!
Busca a felicidade
onde mora a luz!
Onde a vida te espera!
.
Onde podes, com certeza,
libertar a tua alma
e redimir teu coração...!
Copyright © 2006
By Valderez de Barros
All rights reserved

terça-feira, outubro 24, 2006

Tempo de Solidão





Vejo o tempo passar por mim,
implacável, em seu caminhar;
deixando, sem se importar, suas marcas
que, pouco a pouco,
mais e mais se acentuam...

E eu fico a pensar...
Por que meu coração teima em permanecer jovem,
irrequieto, indiferente ao tempo...?
Se me olho no espelho, vejo a sua passagem;
mas, bem dentro de mim,
é como se ele tivesse parado no esplendor da primavera,
ou no calor gostoso, do verão...

Mas, muitas vezes, também;
na solidão da minha intimidade;
sinto que o inverno não tarda, com seu frio enregelante...
Estremeço na base, procuro nele não pensar,
porque me deprime a alma e me lembra que estarei só,
quando ele se aproximar...

Mas, como eu gostaria que estivesses
juntinho ao meu coração...!
E que os nossos corpos cansados,
tivessem um ao outro para aquecer,
nos últimos invernos que virão...

Maceió / 1985

Copyright © 1985
By Valderez de Barros
All rights reserved
.

quarta-feira, outubro 18, 2006

Queria


Queria sair de dentro de mim
E botar pra fora toda essa ânsia
De viver um grande amor...

Queria ousar,
Sem traumas, sem mágoas,
Simplesmente, amar...

Queria encontrar você...
Você que povoa os sonhos meus...
E me perder nos seus encantos...
E me achar nos braços seus...
Copyright © 2005
By Valderez de Barros
All rights reserved.